Estudante do IF de Tianguá ganha prêmio de computação

O estudante do curso de computação do IFCE Tianguá, Daniel Albuquerque, foi agraciado com o terceiro lugar no Prêmio LF de Computação que objetiva premiar professores e alunos envolvidos em projetos que utilizam tecnologias da informação e comunicação (TIC’s) para a melhoria da sociedade. O jovem desenvolveu um projeto com os professores Agebson Façanha (IFCE), Windson Viana (UFC) e Nécio Veras (IFCE), este orientador do projeto.

O projeto denominado “Cartas, Acessibilidade e Diversão” desenvolveu uma aplicação de software capaz de funcionar em dispositivos móveis (smartphones) Android que utiliza a tecnologia NFC (Near-field communication) como ferramenta de ajuda para facilitar a capacidade de uma pessoa com deficiência visual em verificar um cartão associado a um jogo individual e para garantir a privacidade das informações relativas à identidade do referido cartão para o usuário. Assim, a ação permite que usuários com deficiência visual participem de um jogo de cartas, sendo informados por meio de áudio qual a sua carta e o que ela pode fazer dentro do jogo.

O professor do campus de Tianguá Nécio Veras aponta que o prêmio é importante para incentivar os estudantes a pensarem sempre em projetos que impactem positivamente a sociedade. A premiação foi entregue no evento WebMedia, promovido anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), cuja última edição aconteceu em Salvador.

Já o estudante Daniel Albuquerque explica que participar deste projeto foi importante para ter a oportunidade de colocar os conhecimentos teóricos em prática e produzir uma ferramenta que irá ajudar na inclusão de pessoas com deficiência visual.

 

Matéria adaptada do G1.

Mariana Santana

17 anos, aluna do IFSP - Campus Cubatão, fascinada por política e economia, áreas com as quais pretende trabalhar um dia.

Comentários